free amp template

Ao longo de inúmeros projetos  a QCP identificou que uma das maiores deficiências para administradores/gestores público encontra-se na ausência ou imperfeições das ferramentas informacionais que estão a sua disposição para conduzir suas atividades.

Nos locais onde existem sistemas, parte deste problema decorre do fato de que os mesmos são desenvolvidos por experts que, apesar de suas qualificações técnicas, não conhecem o ambiente público e suas particularidades.


As dificuldades muitas vezes se originam da falta de mecanismos e ferramentas que facilitem a obtenção e recuperação dessas informações, que são elementos essenciais para a formação de indicadores confiáveis, de modo a fortalecer estratégias que aprimorem a gestão e aplicação da política pública.
A falta de ferramentas ou ineficiência / insuficiência das existentes, prejudica a gestão, dificultando estimar as necessidades e os investimentos necessários à sua adequação e melhoria.

Ante a esta constatação a QCP desenvolveu em parceria com a CAIENA uma área para desenvolver soluções que levem consideração os desafios cotidianos na gestão.

A lógica do sistema pressupõe que para realizar a gestão das informações, os Sistemas devem possuir ferramentas capazes de geri-las e gerar o conhecimento necessário para subsidiar a tomada de decisão, aumentando a qualidade dos serviços prestados e otimizando a aplicação dos recursos. Objetiva fornecer mecanismos para dar suporte à realização das atividades operacionais, gestão, monitoramento, avaliação, controle e planejamento e ainda auxiliar a melhoria continua da gestão das políticas públicas e/ou empresas, através de ferramentas que consolidem a informações e indicadores de todas elas, possibilitando aos gestores obter as informações como um todo, agregando-as em nível ascendente: por setor/área, instituição, unidade de negócio, Secretaria, Autarquia, por território de gerências regionais e, por fim, pelo território do Estado e/ou Brasil.

Deve ser possível realizar o cruzamento das informações de modo a possibilitar uma classificação de determinadas informações por instituições e regiões em diversos aspectos e modalidades, auxiliando na indicação de projetos de desenvolvimento local e regional, visando de maneira ampla o fortalecimento do trabalho de desenvolvimento do município, região, Estado.

Os principais módulos (não são os únicos) a serem considerados de modo a atender os principais objetivos estão relacionados diretamente a:

  • Governança;
  • Gestão Orçamentária e Financeira;
  • Gestão Patrimonial e;
  • Gestão de Pessoal.
Os mesmos serão estabelecidos tendo como referência as diretrizes constantes no processo de pactuação com o contratante e a equipe da QCP. O mecanismo em que se dará o estabelecimento dos requisitos a serem mapeados em funcionalidades e desenvolvidas nos módulos correspondentes, estão descritos a seguir.

De modo a atender aos objetivos estabelecidos, a concepção, desenvolvimento e implantação dos sistemas se baseiam num processo de desenvolvimento de software que adere às práticas ágeis.
O processo de desenvolvimento compreende três etapas que acontecem de modo integrado:

  • Design;
  • Implementação;
  • Lançamento.

Design

A etapa de Design começa com a observação pela imersão na demanda. Durante esse período são realizadas atividades, algumas delas junto aos clientes e parceiros, com o objetivo de compreender os usuários, os pré-requisitos e o contexto.

Uma vez completa a compreensão é elaborada uma lista com objetivos que será traduzida em um conceito, ou seja, uma visão estratégica capaz de suprir a demanda inicial. É o conceito que guiará o desenvolvimento de uma identidade visual, um possível nome e eventuais desdobramentos durante o projeto.
Uma vez definido o conceito, é realizada uma reunião onde o mesmo será apresentado aos clientes e parceiros.

Implementação

Durante essa etapa ocorre a implementação do conceito estabelecido utilizando-se de um método baseado na metodologia ágil conhecida como Scrum.

Cada ciclo de desenvolvimento do projeto é formado por períodos de 30 dias (20 dias úteis) denominado Sprint. Um Sprint é iniciado com uma reunião chamada Planning Meeting, em que o time avalia, baseado em estimativas e prioridades do cliente, quais as estórias que irão compor o Sprint. Por fim, as estórias são dividias em tarefas que serão executadas pelo time de desenvolvimento.

É importante que haja participação do cliente e parceiros na Planning Meeting para que, dessa forma, possam ser alinhadas as diversas expectativas em relação às funcionalidades que devem ser implementadas.

A coleção de todas as estórias criadas forma o Product Backlog, e as estórias selecionadas na Planning Meeting formam o Sprint Backlog.

No final do Sprint duas cerimonias acontecem: (i) a Demo Meeting e a (ii) Retrospective Meeting. A primeira é onde os desenvolvedores apresentam ao cliente o que foi feito durante o Sprint e o cliente avalia se todos os requisitos foram atendidos. A segunda é onde o time, sem a presença do cliente, discute o que aconteceu durante o Sprint e as melhorias que podem ser feitas no próximo.

Outra cerimônia importante é a Daily Meeting, uma reunião diária rápida onde cada integrante do time apresenta o estado de seu trabalho para todos os outros integrantes.

Uma vez que o conceito tenha sido parcialmente implementado o time faz uma revisão que objetiva validar suas características ou ajustar detalhes. Esse momento é importante porque possibilita que o Design e a Implementação estejam alinhados e funcionem em harmonia, antes que todo o desenvolvimento e o lançamento sejam concluídos. 

Lançamento

Após a implementação e finalização do projeto, é necessária a criação da infraestrutura para a disponibilização do ambiente de operação do projeto, compreendendo as seguintes principais atividades:

  • ­Contratação / alocação dos recursos e serviços necessários para o ambiente de operação junto aos fornecedores;
  • ­Estruturação e configuração do ambiente de operação (servidores e ferramentas);
  • ­  Implantação e disponibilização do ambiente de operação.

Soluções Tecnológicas QCP

Sistema SABER de gestão de Informações da Educação

Com base na expertise descrita acima a QUANTA vem investindo parte significativa de seus esforços e recursos em uma ferramenta integrada de gestão, que possa contemplar as diferentes necessidades dos gestores de políticas públicas, atuando desde a gestão da informação, para fins diagnósticos e estatísticos, até a execução de rotinas estritamente administrativas como, por exemplo, gestão de estoque, administração de frota, produção e faturamento de serviços etc.

2013

Eventos Importantes:

- Importação da base do censo escolar de 2012

- Realização das matrículas para o ano letivo de 2014

Destaques no desenvolvimento:

- Implementação do Módulo de Gestão dos Alunos

- Implementação do Módulo de Gestão das Escolas

- Implementação do Módulo de Gestão dos Profissionais

- Implementação do Módulo de Gestão das Matrizes Curriculares

- Implementação da Área Administrativa

- Implementação do Modulo de Enturmação do Aluno

- Implementação do Modulo de Atribuição dos Docentes às Disciplinas


2014

Eventos Importantes

- Consolidação do processo de enturmação

- Realização do primeiro teste de migração para o Educacenso utilizando a plataforma Saber

Destaques no desenvolvimento:

- Implementação do Módulo de Gestão dos Usuários

- Implementação da Ferramenta de Auditoria

- Implementação do Módulo e Relatórios

- Implementação do Módulo de Migração para o Educacenso


2015

Eventos Importantes

- Visita a todas escolas da 1ª GRE com o objetivo de refinamento/detalhamento dos Espaços Físicos, Serviços e Equipamentos

- Realização da migração para o Educacenso de toda rede estadual via plataforma Saber

Destaques no desenvolvimento:

- Evoluções no Módulo de Gestão das Escolas

- Implementação do Módulo de Gestão de Indicadores Externos

- Implementação do Módulo de Gestão do Transporte de Alunos


2016

Eventos Importantes

- Migração dos servidores para a infraestrutura da SEE-PB

- Lançamento do painel Educacenso que permite às escolas identificarem as inconformidades em relação ao Educacenso e corrigi-las antes de migração

- Realização da migração para o Educacenso de toda rede estadual via plataforma Saber com um mês de antecedência

- Planejamento da compra dos materiais de 2017 com base nas solicitações feitas pelas escolas na plataforma Saber

Destaques no desenvolvimento:

- Implementação do Painel Matriculas

- Implementação do Painel Escolas

- Implementação do Painel Educacenso

- Implementação do Módulo de Gestão e Acompanhamento dos Planos de Meta

- Implementação do Módulo de Planejamento das Aquisições de Materiais


2017

Eventos Importantes

- Realização da migração para o Educacenso de toda rede estadual via plataforma Saber

- Adesão da rede municipal à plataforma Saber na gestão das matrículas dos alunos

- Substituição do Diário de Classe em papel pelo online

- Lançamento dos perfis do professor, aluno e responsável

Destaques no desenvolvimento:

- Implementação do Módulo Saber Município

- Implementação da Área do Professor

- Implementação da Área dos Pais dos Alunos

- Implementação da Área do Aluno

- Implementação da Área de Gestão Pedagógica


2018

Eventos Importantes

- Realização da migração para o Educacenso de toda rede estadual via plataforma Saber

- Lançamento do painel de identificação automática dos alunos em situação de infrequência

Destaques no desenvolvimento:

- Implementação do Módulo de Avaliação dos Docentes

- Implementação da Ferramenta de Combate a Evasão Escolar 

- Evolução do Módulo de Migração para o Educacenso

- Implementação de Ferramentas para as Organizações Sociais

- Evoluções na Área do Professor

- Implementação da Ferramenta de Gestão do Calendário Escolar

Futuro

- Implementação do aplicativo Saber

- Implementação da migração da 2ª etapa do Educacenso

- Evoluções no Diário de Classe

- Big Data

Números importantes (Base 2018):

- Hoje, o Saber possui mais de 70 mil usuários cadastrados

- Hoje, o Saber possui 661 escolas estaduais ativas e 3183 escolas municipais ativas

- Hoje, o Saber possui 297699 matrículas ativas de alunos na rede estadual

- Hoje, mais de 15 mil docentes da rede estadual tem acesso à plataforma Saber

- Hoje, mais de 8 mil docentes da rede municipal tem acesso à plataforma Saber

- Hoje, são mais de 2 milhões de acessos à plataforma Saber, por semana

- Hoje, são mais de 500 mil registros de frequência realizados na plataforma Saber, por mês

- Hoje, são mais de 250 mil registros de avaliações realizados na plataforma Saber, por mês


Saiba mais >>>>>


SGI-PACTO

Sistema online de gestão de informações do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba, parceria entre governo estadual e municípios pelo desenvolvimento social paraibano. O sistema é responsável pela simplificação, desburocratização, agilização dos procedimentos de conveniamento no contexto do Pacto.

Artigo Sobre o PACTO apresentado no Congresso do CONSAD. Link aqui.

Anúncio de lançamento de edital do PACTO, publicado pelo Governo do Estado da Paraíba. Link aqui.

Matéria publicada em jornal, sobre o lançamento do Edital do PACTO. Link aqui.

Link da página de acesso ao Sistema

CONHEÇA NOSSAS OUTRAS AREAS DE ATUAÇÃO

Rua Dr. Clóvis de Oliveira, 166 – Progredior
CEP: 05616-130 - São Paulo/SP 

Email: qcp@qcp.com.br                 
Fone/Fax: + 55 11 4186-7222